A USP VAI TER COTAS RACIAIS!

Ao longo desses dez anos A Rede Emancipa de Educação popular, defendeu e pontuou incessantemente a necessidade das Universidades se popularizarem, se enegrecerem. Defendeu a instauração de uma séria discussão e implementação de políticas a respeito de Cotas Raciais, por entender que uma sociedade mais justa e igualitária para todas e todos só será possível de se construir e alcançar quando o sonho de tod@ jovem negr@ da periferia seja ocupar os bancos das salas de aula, alcançando todas as oportunidades para obter uma formação plena e que nada seja capaz de impedir  o seu sucesso, muito menos a organização de um sistema de seleção injusto, excludente e elitista, como o vestibular.

Atingimos muitas vitórias desde então, como conquistas de implementação a respeito de políticas de cotas raciais nacionalmente,  aderido por Universidade Federais por meio do SISU e localmente em algumas Universidades Estaduais. Nesses anos em todos os nossos  espaços, eventos e produções não deixamos nem por um momento de reinteirar a necessidade da Universidade de São Paulo, de longe uma das mais elitista desse país, debater e aderir a tais iniciativas afirmativas. Uma reparação histórica, diante tanto tempo de extorsão e negligência.

Hoje um grito que estava preso em nossas gargantas pode finalmente fluir: A USP TEM COTAS! Finalmente esse espaço se rendeu a todas as pressões dos movimentos sociais e principalmente do movimento negro! Celebramos a importância dessa vitória, que pode soar como simbólica, mas representa a força de muitas vidas, que não se deram por vencidas e continuaram na luta com a intenção de transformar a realidade de toda população preta e pobre.

São novos tempos e até mesmo o sistema burocrático e reacionário da Universidade de São Paulo se vê obrigado a refletir sobre sua conduta e seus objetivos.

Celebremos todas e todos, hoje é apenas o primeiro dia perante todos os outros que teremos para derrubar cada vez mais os muros da Universidade, ficará cada vez mais pequeno para casa grande, VAMOS POR MUITO MAIS!!

Malu Andrade – Coordenadora da Rede Emancipa de Educação Popular

 

Comentários