Inscreva-se para nossos cursos de formação de formadores!

Os cursos de extensão”Formação de Formadores: Universidade e Emancipação” da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo são apoiados pela Rede Emancipa de educação popular.

Universidade e Emancipação

Apesar da recente expansão do ensino superior e da implementação de políticas afirmativas (cotas raciais, indígenas e para a escola pública) nas universidades públicas acesso à educação universitária pública, gratuita e de qualidade segue restrito a um número reduzido de pessoas. Em 2013, 14% da população brasileira havia concluído o ensino superior. Um índice inferior ao de países como Colômbia, Chile, México e Costa Rica.

Este é, entretanto, apenas um aspecto do problema. Mesmo este contingente que frequentou a universidade tem seu processo formativo abruptamente encerrado após a obtenção de um título superior. O ensino de pós-graduação formal (especialização, mestrado e doutorado) é ainda mais restrito. O processo de conhecimento e aprendizagem deveria ser contínuo, mas poucas opções restam a quem quer continuar estudando. Essa dificuldade é enfrentada de modo ainda mais dramático por professores e professoras do ensino médio, que se distanciam rapidamente dos centros de produção e irradiação de conhecimento e são condenados à periferia de um sistema ineficiente.

É a partir da demanda por uma educação pós-universitária que, dentro da Rede Emancipa de Educação Popular, surge a Universidade Emancipa.

Seu objetivo é atender a demanda de formação de educadores populares que atuam no movimento de educação popular e movimentos sociais, oferecendo cursos avançados de formação política e cultural que permitam a esses educadores entrar em contato com temas e novos conhecimentos produzidos na universidade, contribuindo, assim, para estimular o interesse na educação continuada e, ao mesmo tempo, de difusão e transformação do saber produzido.

Cursos avançados

Os primeiros espaços de formação oferecidos pela Universidade Emancipa serão quatro cursos avançados, com os temas: Formação de Professores, Junho de 2013: o direito à cidade e o Brasil em questão e Desafios do Pensamento e da Política Feminista. Mais de uma dezena de professores universitários estão confirmados para lecionar nos cursos, entre eles Lisete Arelaro, Silvio Almeida, Raquel Rolnik, Vladimir Safatle, Plínio de Arruda Sampaio Jr., Sonia Kruppa, Paulo Henrique Fernandes, Ruy Braga, Alvaro Bianchi, Flávia Biroli, etc.

Cada curso terá uma dinâmica quinzenal (em um total de 10 encontros), e será organizado em formatos didáticos diversos prevendo, além dos momentos expositivos, a elaboração de produtos e ações pensados para o fortalecimento do movimento de educação popular.

Clique nos links abaixo para acessar descrições detalhadas dos cursos que se iniciarão a partir de maio de 2018:

 

INSCREVA-SE!

 

Comentários